“É fake news”, diz Bellintani sobre boato de insatisfação do elenco com bicho

O momento ruim do Bahia no segundo turno da Série A gerou dúvidas na torcida sobre o que teria motivado a queda de rendimento da equipe. A fase abriu espaço para surgimento de boatos sobre uma possível insatisfação do elenco com a premiação paga pela diretoria por metas alcançadas.

Mas, em entrevista à Equipe dos Galáticos, na Itapoan FM, o presidente do clube, Guilherme Bellintani, garantiu não haver veracidade na informação.

“É tudo fake news. A proposta de bicho que acertamos com o elenco foi trazida pelos próprios jogadores. eles apresentaram essa proposta e a gente apenas fez alguns ajustes. Foi tudo decidido praticamente no mesmo dia. Qualquer alegação de salário atrasado, falta de bicho, jogador barqueiro é fake. A realidade do Bahia, hoje, é outra”.

O dirigente, porém, reconheceu defeitos no Tricolor. “Mostramos defeitos, sim. Pelo primeiro turno que fizemos, não imaginávamos fazer um segundo turno tão ruim. Identificamos algumas falhas, como queda de rendimento coletivo e individual. Mas, temos outras falhas que ainda estamos identificando, trabalhando. Entendemos a frustração da torcida. Nossa pior colocação nesse campeonato foi o 12º lugar. Eu sempre disse que nosso objetivo inicial era ficar entre os dez melhores. Mas, fizemos um primeiro turno tão bom que vimos que tínhamos condições de ir mais longe. A frustração da torcida é grande porque ela sabe que o time tinha condição de chegar longe”.

Já sobre o anseio os torcedores por grandes contratações, Bellintani pediu calma e pés no chão. “Com todo respeito que tenho ao Sport, um clube muito importante, de vanguarda no Nordeste, com uma torcida imensa, mas cito eles como exemplo. No ano passado, o Sport fez uma campanha excelente no primeiro turno, se não me engano terminou o turno na quinta colocação. Mas, no fim, acabou rebaixado para a Série B, pois saiu fazendo contratações caras, gastos que não tinha condição de bancar. Eu prefiro ser taxado de dirigente que não quer gastar. Não vou fazer isso no Bahia, não vou fazer contratações e assumir gastos que não vou ter condição de pagar. Agora, claro que precisamos de reforços para qualificar ainda mais o grupo e esse momento ruim que estamos passando serve também para a isso, para avaliarmos onde vamos precisar fazer mudanças, onde temos que melhorar”.

* Galáticos Online!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: